2018, the year I’m getting closer to myself

Simple me

Ainda há muito para ser escrito em 2018, mas esta é sem dúvida uma das coisas mais importantes deste ano. Na verdade não foi uma decisão tomada este ano, mas foi neste ano que começou esta jornada.

Eu não procurei por fazer Yoga, ele entrou na minha vida por acaso, numa mudança de ginásio que fiz há cerca de 6 anos. Fui à procura de um local onde pudesse continuar a fazer o meu treino mas que me permitisse explorar outras actividades como Pilates, pela qual tenho um grande interesse. Em contexto de ginásio acabamos sempre por descobrir actividades que não fazíamos ideia da sua existência, tais como “Oxigeno” (um programa da Radical Fitness), que no fundo são actividades que surgem da fusão de várias práticas (yoga, pilates, ballet…).

Anúncios

Kactus

Simple Design Work, Simple me

A paixão por cactos e a possibilidade de os ter e criar, fez com que do nada se multiplicassem os vasos e os pedacinhos de terra plantados. Sem grande noção estavam a ser produzidos inúmeros cactos, um a um, com a devida atenção e cuidado. Apesar de serem plantas muito resistentes e com uma capacidade fantástica de regeneração, são igualmente sensíveis. Caso todos os factores não estejam ao seu agrado, não chegam sequer a pegar.

A Kactus partiu daqui.

Let’s Play a Minimalism Game

Simple me

Todos nós estamos rodeados por objectos que poluem a nossa vida. Isto acontece seja pela sua insignificância ou simplesmente pelo excesso de exemplares que temos.

Compramos coisas que amamos e vamos acumulando. Na semana seguinte essas coisas já não parecem ser assim tão especiais. Um mês depois, aquilo que foi objecto de desejo, torna-se completamente esquecido e até já se pensa em ir a correr comprar o novo modelo que saiu entretanto.